Se você investe em Fundos de Investimento, já deve ter ouvido falar no tal de come-cotas. Mas você sabe como ele funciona?

O come-cotas é responsável por muitas dúvidas entre os investidores, principalmente naqueles interessados em Fundos Multimercado e Fundos de Renda Fixa, alguns dos Fundos nos quais ele é aplicado.

Porque “come-cotas”?

O nome vem exatamente da forma que esse imposto é cobrado – diretamente sobre o valor das cotas dos investidores.

Ele nada mais é que uma antecipação do Imposto de Renda, que ocorre duas vezes por ano: no ultimo dia de maio e no ultimo dia de novembro.

Como ele funciona?

Assim como na maioria dos investimentos em Renda Fixa, o Imposto de Renda sob a maioria dos Fundos de Investimento segue uma tabela regressiva. Em fundos de curto prazo, o imposto varia entre 20% e 22,5%, enquanto para fundos de longo prazo, varia entre 15% e 22,5%.

O come-cotas deduz o equivalente ao percentual mínimo de imposto devido sobre os rendimentos do investimento, 15% a 22,5%, de acordo com o tipo do Fundo.

Já a diferença do total devido de Imposto de Renda e o valor já previamente recolhido no come-cotas é calculada no resgate do investimento, pelo investidor.

Além disso, é importante dizer que o come-cotas incide somente sobre o rendimento do Fundo, e não no total investido.

Quais tipos de Fundos estão sujeitos ao come-cotas?

Grande parte dos Fundos disponíveis no mercado estão sujeitos a ele, já que ele está atrelado ao prazo do Fundo, e não ao tipo. Fundos DI, Fundos de Renda Fixa, Fundos Multimercado e Fundos Cambiais podem estar sujeitos ao come-cotas.

Fundos imobiliários, de Previdência e de Ações não têm incidência de come-cotas. Neles, o Imposto de Renda é cobrado apenas no resgate do investimento.

Afinal de contas, o come-cotas é um vilão?

No final das contas, escolher o investimento pela tributação que ele sofre não é o melhor negócio. Muitas vezes investimentos que sofrem maior carga tributária tem rendimentos melhores, e podem acabar valendo mais a pena que investimentos com menos impostos.

Conheça os investimentos disponíveis no portal da Easynvest e escolha o melhor para o seu perfil de investidor!