Sabia que, ao montar um plano financeiro, você dá o primeiro passo para mudar positivamente a situação das suas finanças? Um bom planejamento serve para visualizar e entender o modo como você está lidando com o seu dinheiro — o que ajuda muito a definir e realizar objetivos e sonhos.

Há quem acredite que somente com um salário alto é capaz de conquistar aquilo que deseja. Entretanto, de nada adianta receber uma grande quantia todo mês se você se descontrola nos gastos e não sabe para onde seu dinheiro está indo.

Para ajudá-lo a montar um plano financeiro, listamos algumas dicas práticas. Confira e prepare-se para colocá-las em prática em 2019.

Entenda a sua situação financeira

Cada um tem sua forma de consumir e organizar o próprio dinheiro. Por isso, antes de montar seu plano, é importante entender sua situação financeira. Você é do tipo que consegue poupar uma quantia todo mês ou que não aguenta ver dinheiro na conta e sai gastando?

Seja muito sincero na hora de identificar seu perfil, pois, para montar um bom plano financeiro, é preciso entender o modo como você lida com o seu dinheiro. Anote em um papel se tem reserva de emergência, dívidas ou se gasta mais do que ganha.

Liste seus objetivos

O que você gostaria de realizar com o seu dinheiro e não consegue? Esse é o momento de elaborar uma lista com os seus objetivos. Coloque em um papel ou planilha seus sonhos, desejos e o que gostaria de materializar com o que ganha.

Visualizar os objetivos escritos tem um impacto psicológico muito positivo, pois evita esquecimentos ou mudanças feitas de maneira inconsciente. Além disso, é possível revisá-los frequentemente.

Acompanhe suas despesas e receitas

Agora é a hora da verdade! Seu plano financeiro depende também do acompanhamento das despesas e receitas. Isso deve ser feito constantemente para identificar para onde seu dinheiro está indo.

Quanto mais você controla despesas e receitas, menos conta com a sorte para alcançar seus objetivos. Esse controle pode ser feito em uma agenda financeira impressa, como o Kakebo, por um aplicativo no celular, programa no computador ou planilha. Escolha suas armas!

Repense o modo como gasta seu dinheiro

Fazer um plano financeiro lhe ajuda a identificar gastos desnecessários e ter noção do seu perfil de consumidor.

Depois que você passa a acompanhar despesas e receitas, adquire uma nova visão sobre a maneira como gasta o seu dinheiro. Dependendo do nível de controle, será possível ver, por categorias, aquilo que acumula mais gastos.

Essa é a oportunidade ideal para repensar suas atitudes. Será que determinadas compras realmente precisam ser feitas? Aquela mensalidade do app que você paga e não usa não serviria para ajudar a guardar mais dinheiro? Observe seu plano financeiro tomando forma.

Aprenda a lidar com o cartão de crédito

Um dos maiores vilões da realização de sonhos e cumprimento de objetivos é o cartão de crédito. Sozinho, ele não faz mal algum. O problema é não saber lidar com esse pequeno pedaço de plástico com um chip dentro.

O cartão de crédito é um empréstimo que o banco faz e que está à sua disposição. Se você usa muito e compromete todo o seu salário, está fazendo isso da forma errada — por mais que esteja ganhando pontos. O ideal é que a fatura jamais ultrapasse 30% da sua renda. Foco no seu plano financeiro!

Revise seus objetivos mensalmente

Você pode melhorar constantemente para alcançar seus objetivos de maneira mais rápida e sem tanto esforço. Para isso, é importante revisá-los mensalmente. Se um dos objetivos é gastar menos, alguma despesa precisará ser cortada.

Quando você alcança um alto nível de controle e economia, pode até aumentar o tamanho dos seus sonhos. Sendo assim, essa revisão dá a flexibilidade necessária para apertar o cinto dos gastos ou deixá-lo mais frouxo.

Viva de acordo com suas possibilidades

Acredite: você não precisa viver de aparência. Muita gente gasta mais do que ganha por sentir a necessidade de provar que tem uma boa vida para si e os outros — o que leva ao descontrole financeiro. Ninguém precisa saber quanto você ganha.

Viva de acordo com o que o seu dinheiro lhe possibilita e não tenha medo ou vergonha de economizar quando for necessário. Muitos gastos são feitos por impulso e, frequentemente, criamos necessidades que não temos. Um plano financeiro é um ótimo incentivo para vencer esse mau hábito.

Invista para fazer seu dinheiro render

Só poupar não resolve. Para acelerar a realização dos sonhos e objetivos, é possível fazer com que o seu dinheiro trabalhe por você. Investimentos são capazes de ajudá-lo nesse sentido e, quanto antes obtiver informações sobre eles, melhor.

É importante saber qual o seu perfil de investidor para escolher as opções adequadas de investimento. Alinhando essa informação, à quantidade de dinheiro que tem para investir e seus objetivos financeiros, você estará pronto para dar novos passos.

Com um plano financeiro, 2019 será um ano repleto de conquistas obtidas por meio de uma organização prática e eficaz. E não esqueça de investir seu dinheiro e fazer com que ele renda ainda mais!

Para isso, conte com o apoio da Easynvest e informe-se sobre os investimentos, taxas, impostos e possibilidades existentes. Em nosso blog, você tem acesso a isso e muito mais!