O conceito de controle financeiro envolve um conjunto de ações cujo objetivo é obter resultados positivos na economia doméstica ou na economia de uma empresa.

No entanto, muita gente confunde isso com apenas cortar ou baratear gastos. Sim, essas ações são necessárias em alguns casos, mas, no geral, você deve diminuir custos sem afetar a qualidade de vida ou do trabalho realizado.

O controle financeiro é uma prática saudável para a sua economia pessoal ou empresarial mas ainda é um hábito muito difícil de incorporar ao dia a dia. Isso acontece porque as pessoas crescem sem acesso a uma educação financeira mais aprofundada e não sabem muito bem como colocar isso em prática.

Parece um desafio aplicar o controle financeiro ao seu dia a dia? Não se preocupe! Confira em nosso artigo algumas dicas sobre os tipos de controle financeiro e tudo o que você precisa saber sobre ele. Para facilitar, fizemos uma lista dedicada para cada tipo!

Dicas para controle financeiro empresarial

Escolha uma ferramenta

O controle financeiro precisa do apoio de uma ferramenta. Pode ser a boa e velha planilha (você pode encontrar diversos modelos prontos na internet para fazer o download), um sistema de gerenciamento ou até mesmo um aplicativo.

Separe e organize

Depois de escolher uma ferramenta, seu controle financeiro precisa de uma divisão por áreas. O controle de caixa deve ser a prioridade, pois registra as entradas e saídas diariamente. O mesmo deve ser feito em relação ao saldo da conta bancária.

O controle de contas a pagar vem na sequência, permitindo saber os vencimentos de diferentes contas, quais pagamentos devem receber prioridade e os respectivos valores. Por fim, você tem o fluxo de caixa, uma projeção das entradas e saídas em qualquer período determinado.

Seja implacável

Jamais misture contas pessoais e empresariais. Tenha uma conta bancária para cada e seja implacável com os gastos, pois nenhum deles pode acontecer sem o devido registro. Isso é válido desde o café servido no escritório ao combustível utilizado para abastecer o carro da empresa.

Pague em dia e busque descontos

Juros e multas são gastos desnecessários e, para evitá-los, você deve pagar as contas em dia. No entanto, alguns pagamentos oferecem desconto quando são feitos antecipadamente. Caso seja possível quitar as contas antes do prazo, faça isso! Caso não, não desanime, tente no próximo mês.

Chame os credores e parceiros para conversar

Se a sua empresa está pagando uma conta parcelada em muitas vezes ou um empréstimo, que tal renegociar o valor? Em alguns casos, o total pode ser reduzido. Converse com os credores!

Aproveite também para chamar seus parceiros de negócio para uma conversa franca. Demonstre interesse em continuar a parceria e, juntos, tentem descobrir formas de economizar e fortalecer esse laço que traz benefícios para ambos.

Dicas para controle financeiro pessoal

O controle financeiro te proporciona bons resultados.

Acompanhe receitas e despesas

Como você gasta o seu dinheiro? Para que essa resposta seja precisa, você deve investir em um bom controle financeiro pessoal, que pode ser feito através de um aplicativo, programa para computador, planilha ou agenda.

É importantíssimo saber o quanto ganha e para onde vai seu dinheiro. Ao acompanhar receitas e gastos, é possível identificar o que é supérfluo ou não e reprogramar-se para viver dentro de suas condições econômicas.

Mude alguns hábitos

Quando foi a última vez que você comparou preços? Muitas vezes, acabamos deixando de observar os prós e contras de produtos e serviços, e optamos pelo que está mais fácil, mas que nem sempre custa um valor justo.

Outro ponto importante é a forma como você lida com o desejo de gastar. Se o seu smartphone atende suas necessidades, por qual motivo você deveria comprar o modelo recém-lançado que custa três vezes mais?

Se você deseja um controle financeiro pessoal rígido, não crie necessidades para justificar gastos.

Tenha objetivos e faça um planejamento

Respire fundo e reflita sobre um sonho que gostaria de realizar, mas que envolva dinheiro. Pode ser uma viagem para uma ilha paradisíaca no Oceano Índico ou a compra de um carro novo.

Parece impossível, não é? Mas calma! É mais fácil alcançar esse desejo do que você imagina.

Quando você estabelece objetivos, torna-se mais fácil criar um planejamento e elencar as etapas necessárias para cumpri-los. Desse modo, será possível dizer quanto do seu dinheiro deveria sobrar mensalmente para realizar cada um deles.

Gaste menos do que ganha

Repense a sua relação com o cartão de crédito. Aquele cartão que parece ser mágico é um empréstimo oferecido por uma instituição financeira. Faça o possível para comprar no débito e use o crédito somente para as despesas mais altas e de forma planejada.

Isso significa que você deve incluir as parcelas no seu controle financeiro e evitar fazer novas compras. Em muitos casos, o limite de um cartão pode ser duas, três ou mais vezes maior que o valor que você ganha. Pense nisso!

Conheça formas de fazer seu dinheiro render

Quando há controle financeiro, você nota que sobra mais dinheiro todo mês. Essa quantia pode ser investida  para que renda mais que a poupança.

Existem investimentos muito interessantes que oferecem a segurança necessária para que não haja perdas. É o caso dos investimentos em Renda Fixa. Para conhecê-los e turbinar seu controle financeiro pessoal ou empresarial, é fundamental buscar uma fonte segura.

Por isso, a Easynvest tem um blog com vários conteúdos que ensinam como você pode lidar com seu dinheiro de uma maneira descomplicada. Aprenda mais e transforme seus sonhos em realidade!