E esse monte de nomezinhos e códigos que todo mundo comenta ao falar de investir em Opções, hein?
A gente sabe que as vezes esse tanto de termos e nomes complicados em alguns investimentos pode dificultar muito a vida de quem está querendo entender mais e investir.

Assim, produzimos esse pequeno glossário com alguns termos bem importantes para quem quer investir em Opções.

Antes de ler as definições, assista esse vídeo no nosso Youtube para entender melhor esse tipo de investimento. Agora que você já entendeu como operar Opções, só falta entender todos os termos para não ficar nenhuma dúvida:

Derivativo- Os derivativos são aplicações que derivam do preço de outros ativos financeiros. Seus valores oscilam de acordo com o comportamento financeiro de outros produtos e são sempre negociados com preços e prazos futuros. No mercado de câmbio, por exemplo, os derivativos derivam da cotação do dólar.

Margem de garantia- Valor mínimo depositado na conta da corretora, ou investido em CDBs, Tesouro Direto ou Ações para operar alguns ativos do mercado futuro. Funciona como um seguro ou um cheque-caução.

Call – Opção de compra

Put – Opção de venda

Strike – Preço de exercício

Prêmio – Valor pago no início da operação

Largada- Início da operação

Opções- Tipo de investimento no qual dois investidores com crenças opostas sobre um ativo participam. Ao comprar uma Opção, o titular tem direito de comprar ou vender o ativo alvo a um preço pré-determinado.

Pronto! Agora é só fazer as suas análises e começar a investir. Faça seu cadastro na Easynvest.