Já é Carnaval na Easynvest! Abrimos a temporada com o especial Bloco dos Piratas. Clássico, ele é formado por foliões que estão começando agora e finalmente saíram da poupança, querendo experimentar logo da liberdade em navegar nos mares dos investimentos.

Se você também está em busca do seu Tesouro, veja abaixo quais são os diferentes tipos de investimentos de títulos públicos e aproveite para começar. Mas lembre-se: se for beber neste Carnaval, não invista.

A Ilha dos Tesouros
Antes de decidir qual produto investir, é importante mencionar que o Tesouro Direto é um sistema de negociação criado pelo Governo Federal em 2012 para negociar títulos públicos. Essa modalidade está dentro da família de Renda Fixa e é usada para captar recursos e financiar a dívida pública do País. Ou seja, o investidor empresta seu dinheiro ao Governo por meio da compra de frações do Tesouro e o Governo “devolve” o seu investimento com juros de diferentes maneiras.

Os três tipos de investimento no Tesouro:
• Tesouro Selic (Pós fixado)
• Tesouro Pré-fixado
• Tesouro IPCA

Tesouro Selic
Esse investimento é muito usado para quem quer encher o “baú do Pirata”. De moeda em moeda, ele pode ser o melhor aliado caso aconteça algum problema! No mundo dos investimentos, esse título é chamado de pós-fixado e a sua remuneração dependerá diretamente do aumento ou diminuição da taxa básica de juros: a Selic. Assim, seu ganho será a média da taxa entre o momento da compra ou a venda/vencimento do título.

Normalmente, esse investimento é usado para operações de curto ou médio prazo, como reserva de emergência ou projetos de compra de algum bem (imóveis, carros, navios e naus etc).

Retorno Garantido: Tesouro prefixado
Nesse Tesouro, você já sabe desde o início o exato caminho do mapa e quantia de ouro que vai encontrar, afinal, como diz o nome, seu rendimento é Préfixado. Ou seja, o investidor já sabe qual será o rendimento no momento de compra. Pode ser ideal para os navegantes que preferem marolinhas, ao invés de grandes ondas.

Acima da Inflação: Tesouro IPCA
Aqui, você folião vivido, já sabe a metade do caminho. Isso porque o Tesouro IPCA é um misto de pré e pós fixado. Ao investir, você acorda uma taxa fixa e o rendimento pós fixado será a variação da inflação, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

A grande característica desse investimento é que ele protege o investidor da inflação, sempre tendo ganho real (diferença entre o rendimento e a inflação).

Mapa do Tesouro

Quer entender qual o Tesouro você vai descobrir nos mares dos investimentos? Fizemos um Mapa com uma simulação para te ajudar na Caça ao Tesouro!
Conte nos comentários qual é o seu tipo! Aproveite, invista e já se programe para o Bloquinho de 2019.