O verão chegou e todos querem curtir as férias da melhor maneira possível! Tem quem prefere pegar uma praia, mas também os que curtem relaxar em casa. Porém, a grande dúvida é como ficar tranquilão, aproveitando o sol, enquanto o dinheiro sua por você, não é mesmo?

Para aproveitar bem essas férias, você irá precisar de uma aplicação com um bom rendimento. Por isso, selecionamos 5 dicas para você começar a investir em ações, ter um bom rendimento e aproveitar o verão da melhor maneira: como você quiser!

Confira abaixo:

• Estude o mercado
Vai ficar no sol? Precisa passar protetor, afinal, você não quer se queimar! Para iniciar no mercado de ações é igual. O investidor precisa estudar o mercado e conhecer a empresas que ele deseja investir. Ninguém quer ficar no vermelho com uma operação que não deu certo.

• Comece com pouco!
Vai aproveitar o mar? Se você não sabe nadar, melhor ficar no raso. Quando você aprender mais, se arrisque. Faça isso para o mercado de ações também. Quer começar? Invista pouco. Não coloque todo seu dinheiro. Veja como funciona o mercado e depois que estiver habituado, arrisque mais.

• Análise fundamentalista ou técnica?
Têm pessoas que surfam com o pé direito na frente, outras com o pé esquerdo. E você? Usa qual? Na Bolsa, existe investidores que usam a análise fundamentalista. Ou seja, estudam as empresas, analisam os resultados e decidem se é uma boa investir naquela empresa ou não. Mas têm outros investidores que usam a análise técnica. Essas pessoas analisam quedas e elevações por meio de gráficos e buscam boas oportunidades de compra.

• Acompanhe o mercado
Vai para a praia? Tem que ver a previsão do tempo. Por isso, agora que você já está investindo no mercado de ações, é importante que você acompanhe o mercado. Vai que o jogo vira para suas ações?

• Tenha paciência
Você não vai subir a serra no primeiro dia de férias, né? E também não é na primeira queda que você vai vender a ação da sua empresa. Se você realmente estudou e acredita na saúde financeira da empresa, não se apavore. A longo prazo, ela deve se valorizar.

Anotou as 5 dicas? Se ficou mais alguma dúvida, assista o vídeo abaixo.